quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

O que seria de nossa cozinha sem eles!!!

E nossa busca pelo conhecimento continua, vamos saber um pouquinho mais sobre o.......

Cominho
Originária do Oriente Médio e cultivado desde os tempos bíblicos. É muito popular na Ásia, onde integra várias misturas de especiarias, no México, norte da África e Nordeste brasileiro. Os celtas usavam suas sementes para condimentar peixes e, no Império Romano, servia como digestivo para os fartos banquetes e como substituto da pimenta em grão. O cominho preto é o fruto da planta de mesmo nome que cresce no Irã e na região norte da Índia, algumas vezes preferida em detrimento do cominho branco.
O cominho é uma planta herbácea de 10 a 100 centímetros de altura. Ela possui frutos pequenos e alongados, com listras na parte externa e, no seu interior, encontram-se as sementes aromáticas. É uma planta de fácil adaptação, a qualquer solo e clima.

-Utilize os frutos inteiros ou moídos no preparo de picles, pães, bolos, doces, sopas, queijos, carnes, aves, peixes, frutos do mar, molhos, ovos, saladas, pratos dietéticos e verduras cruas. Também é conveniente o seu emprego na pastelaria.
Muitas variedades de hortaliças, especialmente as couves que provocam flatulência (repolho, couve, chucrute, couve-lombarda), deviam temperar-se sempre com cominhos, pois estes favorecem a sua digestão.
No sul da Índia costuma-se fritar os frutos inteiros com manteiga e cebola para temperar feijão e lentilha. É essencial ao tempero de alguns países do Oriente Médio, como o Iêmen e a Arábia Saudita e no Norte da África, é usado em cozidos de carne (tajines), em cuscuz e no ras-el-hanout, tempero marroquino que reúne cerca de 50 ingredientes. É clássico no preparo de pães e de algumas carnes e queijos, como o munch, no Leste Europeu.Na Holanda são usados para condimentar queijos, doces e bolos. No México, é usado para temperar pratos com chili e carne. Destiladas, as sementes servem para a produção de licores.
É uma especiaria excelente, particularmente quando combinada com hortelã, para borrego assado ou estufado e também para pratos de carne picada.

Uso medicinal:
*Tem ação digestiva, carminativa e é rica em cálcio.
*Como planta medicinal, na bilidade gástrica, nos espasmos do estômago, na flatulência intestinal e em outras perturbações do intestino, especialmente em crianças.
*Externamente é usado sob a forma de cataplasma, auxiliando na resolução de abcessos e no descongestionamento mamário das lactentes.....(Consulte sempre um médico antes de usar qualquer medicamento).

Dicas:
*É conveniente não cozinhar o cominho com os outros alimentos, mas acrescentá-los em pó ou triturados depois da cocção, pois do contrário perdem-se muitos dos seus efeitos como condimento.
*As folhas frescas e tenras da planta têm o mesmo odor que os frutos. Podem acrescentar-se aos vegetais crus e às saladas.
*Acrescente um pouco de cominho a pratos feitos com manga, ficam deliciosos.
*Aqueça as sementes antes de moê-las, pois isso enriquece seu sabor.
*Na receita da moqueca de peixe onde são utilizadas as folhas frescas de coentro, pode-se substituir pelo cominho em pó, e o sabor de sua moqueca será totalmente diferente, parecendo ser um outro prato; experimente.
Curiosidades:
*O cominho foi trazido para a Europa pelos árabes, que lhe atribuíam um poder afrodisíaco.
*Falso-anis, falso-aneto, kümel, os grãos desta planta são confundidos com outros temperos. *Os egípcios usavam-no como pimenta e colocavam seus frutos dentro das tumbas, como oferenda.
*Na Idade Média, o cominho era considerado como um tempero aristocrático, utilizado para temperar as aves a fim de facilitar a digestão.
*As folhas e raízes (muito finas, fracas e esbranquiçadas), são aromáticas e consideradas uma “délicatesse” à mesa.
*A presença de sementes do cominho dentre encontrados no poço funerário de uma mulher da II dinastia do antigo Egito (cerca de 3.700 a.C.) nos confirma que esse tempero é conhecido já há bastante tempo.
Cuidado:
"Lembre-se que qualquer medicamento tem a dosagem certa para uso, caso contrario pode trazer danos".
---------------

-Como se vê o cominho é usado em qualquer prato de culinaria.
-Eu particularmente adoro em qualquer prato que vou fazer, principalmente feijão, o cominho acentua o sabor ficando mais saboroso.

-Para a receita de coxas de frango com maçã e cominho clique aqui.

Um comentário:

  1. Obrigada pela visita. Essa tua explicação sobre os cominhos, foi mesmo muito completa. Beijinhos

    ResponderExcluir

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...