quarta-feira, 24 de setembro de 2008

O que seria de nossa cozinha sem eles!!!

Continuando a nossa busca pelo conhecimento, vamos saber um pouquinho mais sobre a.......
Pimenta do reino
A pimenta-preta, também conhecida como pimenta-redonda e, no Brasil, como pimenta-do-Reino, é uma das mais antigas especiarias conhecidas.

A pimenta-do-reino (Piper nigrum) é uma planta originária da Índia, Foi por causa dela que Cristóvão Colombo e outros navegadores se aventuraram em direção à Índia, era a especiaria mais cara e valorizada da época. Vai bem com quase tudo e pode ser usada tanto para temperar os alimentos antes do cozimento quanto para finalizar o preparo, nesse caso, torna-se especial quando moída na hora, à mesa, em charmosos trituradores.


A pimenta do reino é uma planta de região tipicamente tropical, normalmente encontrada nas faixas litorâneas, e é exigente quanto ao solo e ao clima. Exige um clima quente com bom regime de chuvas e um calor úmido. Existem registros que a pimenta do reino apresenta ótima condição de adaptação a condições adversas, principalmente a solos de textura argilosa. Estas características indicam que a cultura da pimenta do reino tem condições de desenvolvimento em sistemas agroecológicos de produção.




Há receitas criadas exclusivamente em torno da pimenta do reino. No steak au poivre francês, por exemplo, bifes altos de carne bovina são envolvidos pelos grãos grosseiramente moídos antes de ir para a frigideira.


Curiosidade: A pimenta do reino preta, verde, vermelha e a branca são frutos da mesma planta.

pimenta-verde: é obtida através da conservação a fresco ou a seco das bagas imaturas;

pimenta-vermelha: é a obtida do mesmo modo das bagas maduras;

pimenta-branca: é constituida por bagas maduras e secas a que se retirarou o pericarpo;

pimenta-negra: é obtida a partir de bagas maduras através de fermentação e posterior secagem.

A pimenta do reino era muito mais do que uma especiaria: tornou-se uma espécie de moeda franca, corrente em toda a Europa, algo similar ao euro, nos dias de hoje.



Cuidado: “Não se recomenda a ingestão por quem tem próstata, porque ela pode agravar o processo inflamatório, também não é aconselhável para quem tem problemas estomagais”.

Para a receita de Steak Au Poivre clique aqui.

3 comentários:

  1. Eu gosoto muito. Agora aquele steak ao poivre...delicia.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Adoro estas tuas postagens, tao bem explicadinhas. nao vivo sem pimenta do reino aqui em casa.

    ResponderExcluir

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...